Passeio Caiaque
15 km

PROGRAMAÇÃO: 

Um passeio voltado para quem gosta de pescar, de atividade física ao ar livre, e de contemplar a natureza. Um dia incrível remando rio abaixo, conhecendo corixos, avistando a fauna e flora, contemplando as belas paisagens e interagindo com os participantes no almoço e retorno.

 

- Saídas no Cais na Praça Barão;

- Turmas à partir de 6 caiaques;

- Atravessar ponte Marechal Rondon;

- Barco de apoio com água mineral;

- Explorar saídas e entradas (pesca);

- Explorar baías e canais;

- Almoço na praia: tenda, mesa e cadeira / 8 km;

- Espetinho, peixe assado, mandioca, vinagrete e farofa;

- Refrescar no rio antes e depois do almoço;

- Descida até encontro barco de apoio / 15 km;

- Reboque dos caiaques;

- Brinde comemorativo com pôr-do-sol. 

COMO: 

 

Oferecemos seguro pessoal, serviço fotográfico e vídeo, barco de apoio que acompanha o grupo sempre por trás, água mineral, delicioso churrasco na praia localizado à 8 km do cais, com tenda, mesa, cadeira, pratos, copos, talheres, sucos e refrigerantes. O passeio termina às 16 horas com o regresso de uma embarcação motorizada que rebocará todos caiaques, acomodando seus participantes em seu interior com um merecido brinde, tendo o pôr-do-sol como cenário!

QUANDO

ABR / MAI:  Os melhores meses para fotografar e contemplar o nosso maravilhoso Pantanal pela tamanha beleza de suas tardes coloridas, combinação que se dá pela ausência de chuva, vento, altas temperaturas, formando diariamente, verdadeiras obras de arte nos finais de tarde.

 

JUN / JUL: Inicia os ventos mais frescos e temperaturas que podem surpreender o visitante, lembrando que sofremos com a influência climática dos Andes. Garantir um agasalho para cortar o vento, quando estiver navegando, é pertinente, até porque, serão horas percorridas em busca do inesperado. Nesta época é que inicia o acasalamento das onças, o feitio dos ninhos dos Tuiuiús e ninhais dos cabeças-secas, colhereiros e biguás, a reprodução dos Talhamares e Tiamãs nas praias e a magnífica florada das Piúvas. Compensa passar um pouquinho de frio para contemplar tudo isso, não é mesmo?

AGO: O Pantanal começa a secar e a esquentar; céu enfumaçado, sem chuva, vento forte, média luz e queimadas; continuam os ninhos isolados de Tuiuiú, ninhal de cabeça seca e colhereiro, ninhos de Taiamã e Talhamar nas praias e a florada das Piúvas

SETEMBRO: O Pantanal mais seco e quente; céu esbranquiçado, chuva rápida, média luz e queimadas; um pôr-do-sol único com o efeito das queimadas, deixando o astro rei laranja, imponente e isolado; florada dos Paratudos( Ipês amarelos).

OUTUBRO: Possível chegada das primeiras chuvas; Céu acinzentado tende a melhorar com tons azulados.

Permita-se

Remando até a Ponte Marechal Rondon
Remando até a Ponte Marechal Rondon

press to zoom
Pescaria no Padre Ignácio
Pescaria no Padre Ignácio

press to zoom
Rio Sepotuba
Rio Sepotuba

press to zoom
Remando até a Ponte Marechal Rondon
Remando até a Ponte Marechal Rondon

press to zoom
1/8
Pesca do Tucunaré
Pesca do Tucunaré

press to zoom
Tucunaré amarelo
Tucunaré amarelo

press to zoom
Pescaria esportiva com iscas artificiais
Pescaria esportiva com iscas artificiais

press to zoom
Pesca do Tucunaré
Pesca do Tucunaré

press to zoom
1/20
Cabeças seca no ninhal
Cabeças seca no ninhal

press to zoom
Cais e Orla
Cais e Orla

press to zoom
Passeios de barco cruzando a E.E.Taiamã
Passeios de barco cruzando a E.E.Taiamã

press to zoom
Cabeças seca no ninhal
Cabeças seca no ninhal

press to zoom
1/15