Rastro de Onça 
Cáceres/MT

PROGRAMAÇÃO:

Explorar baías, corixos, braços de rios menores,

em busca da fauna e flora local, como a onça-pintada, ariranha, bugio, capivara, jacaré, tuiuiú, anta, sucuri, colhereiro, vitória-régia, piúva, cactus gigante e as inúmeras flores de cada estação, com possíveis visitas às

 fazendas históricas, barcos hotéis e pousadas;

DIA 1 / Cuiabá - Pousada 2:

Almoçar e ir para Cáceres + 210 km / 3 h;
Em todo o trajeto seremos acompanhados pela Serra das Araras; Parada no Portal de Cáceres para credenciamento;
Momento para adquirir algum suvenir local, breve lanche, pipi-stop e aquisições de mapas e informações no CAT;
Chegada ao anoitecer na Pousada 2 + 84 km / 2h.

DIA 2 / Pousada 2 - Rio Paraguai:
O dia amanhece com o cantar insistente e estridente dos Arancuãs, anunciando um dia cheio de desafios, sendo o maior deles, navegar rio abaixo, por horas, em busca das maravilhas naturais, como a onça-pintada, sucuri, anta, ariranha, capivara, jacaré, tuiuiú e bandos de cabeças-secas, colhereiros e talhamares. O almoço, será servido alí mesmo na embarcação.

DIA 3 / Pousada 2 - Rio Paraguai:
Iniciaremos o dia subindo o rio Paraguai, até a foz do Rio Jauru, onde existe a réplica de um ícone histórico, o Marco do Jauru. Exploraremos o rio Jauru adentro em busca de mais vida animal, tendo lá registradas, várias aparições de onças.

Após o almoço, continuaremos a descida até a Pousada 2 em busca de história, passando pelo Barranco Vermelho.

Mais abaixo, subiremos no Morro Pelado para avistar o horizonte e conhecer o Velho do Rio - Sílvio Preto, conhecido e querido por todos, um morador solitário que vive na vizinhança, em uma pequena ilha. Além de pescar profissionalmente para sobreviver, é contador de causos arrepiantes e engraçados de suas experiências com as onças, que frequentemente, visitam seu barraco.

DIA 4 / Pousada 2 - Cuiabá:
Tomar café e partir para o Aeroporto.

REFEIÇÕES:

Café da manhã 6:30 h / Almoço 11:00 h / Jantar 19:30 h


AGOSTO:

O Pantanal começa a secar e a esquentar;

 céu enfumaçado, sem chuva, vento forte, média luz e queimadas; ninhos isolados de Tuiuiú, ninhal de

cabeça seca e colhereiro, ninhos de Taiamã e Talhamar

nas praias; início de florada das Piúvas

SETEMBRO:

O Pantanal mais seco e quente;

 céu esbranquiçado, chuva rápida, média luz

e queimadas; ninhos isolados de Tuiuiú; ninhal

de cabeça seca e colhereiro, ninhos de Taiamã

e Talhamar nas praias; início de florada das

Piúvas(pink); florada dos Paratudo(amarelos)

OUTUBRO:

Possível chegada das primeiras chuvas;

Céu acinzentado tende a melhorar com tons azulados.

                    POUSADA   
Rastro de Onça
Rastro de Onça

Hotel Pousada no Rio Paraguai

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Ninhal Presidente

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Hotel Pousada

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Hotel Pousada no Rio Paraguai

1/15
Rastro de Onça
Rastro de Onça

Saindo na margem para averiguar do que se trata

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Casal de Macacos-bugio

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Macaco-bugio fêmea

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Saindo na margem para averiguar do que se trata

1/15
Rastro de Onça
Rastro de Onça

Carandazal

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Cabeças-seca

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Bando de Patos-irerês

Rastro de Onça
Rastro de Onça

Carandazal

1/16